segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Acorda, Ana Prôa!!!!!

Num domingo comum, chego em casa no final do dia após um churrasco com a família. Tomo um banho pra tirar aquela atmosfera carregada de fumaça de carne com carvão e pra banir de vez os efeitos etílicos de algumas latinhas de Skol. Mal vesti uma roupa, sento confortavelmente na minha cama com meu laptop. Ô vício danado! Já fazia muitas horas que eu não checava meus e-mails ou dava uma twittada... Daqui a pouco teria delirium tremens. Mas a tremedeira aconteceu mesmo após eu injetar a Internet na minha veia. Na minha caixa postal, estava: novo comentário em seu blog feito por... Thalita Rebouças!!!

Como assim???????? Custei a acreditar. Será que o efeito Skol não tinha passado? A escritora ícone dos adolescentes havia lido meu blog??? Só podia ser um perfil falso. Li o que a suposta Thalita havia escrito: “Adorei seu blog. Continue escrevendo e sonhando e, acima de tudo, acreditando. Obrigada por mencionar meu nome de forma tão carinhosa no seu blog. Vou visitar mais vezes. Beijo enorme, Thalita Rebouças.” Apesar de fazer sentido porque eu, realmente, havia feito um post no ano passado sobre a Bienal e citei o sucesso da moça, ainda duvidava da veracidade da mensagem. Cliquei no nome que havia feito o comentário e fui encaminhada para uma página que trazia os dados da escritora e conduzia para o seu blog. Meu sangue começou a esquentar. Cliquei no link para o blog... ERA ELA MESMO!!!! O sangue explodiu dentro do meu corpo e eu comecei a pular de alegria.

Gritava: putaqueopariu, putaqueopariu, putaqueopariu!!! Meu marido e minhas filhas me olhavam sem entender nada. Minha filha caçula chiou: “Para de falar palavrão, mãe!” Não conseguia! Estava radiante! Mas quem é Thalita Rebouças, eles perguntavam. É a autora daqueles livros que vocês sempre falam que querem ler. Um tal de fala sério, mãe, fala sério, pai... “E Fala sério, amiga”, lembrou minha caçulinha! Isso, isso!!!! FALA SÉRIOOOOOOOOOOOOOO!!!!!!!!!!!

Meu marido ainda fazia cara de não entender nada. A ficha já tinha caído pras minhas filhas e elas ficaram felizes e rindo da minha explosão quase juvenil. Falei pra ele – que é fissurado em veleiros – que o fato de Thalita Rebouças ler e comentar no meu blog seria a mesma coisa que Lars Grael virar pra ele e dizer: “Pô, você veleja bem, cara!” Aí meu marido compreendeu...

Difícil entender a mão invisível que fez meu blog chegar ao conhecimento de Thalita. Deve ter sido o Santo Google... O fato é que meu blog anda superdesvitalizado porque eu mesma, como escritora, ando sem energia. Mas acho que deve realmente existir algo maior – e não estou me referindo ao Google – que fez com que esta escritora tivesse tido o ímpeto tão especial de escrever algumas palavras de incentivo para mim. Palavras que me fizeram refletir que um sonho nunca deve ser esquecido. E que me fizeram lembrar que eu tenho um talento a ser usado... sempre...

O despertador tocou na minha mente: ACORDA, MULHER!!!!!!!!!

Uaaahhhhhhhhhh... Bocejei... E como a bela adormecida do bosque, desperto de um longo sono que havia congelado minha inspiração...

Obrigada, Thalita, por ter me dado o “beijo” que eu precisava para despertar.

28 comentários:

maesolteirapos35 disse...

QUE LEGAL,ANA, É MARAVILHOSO QUANDO NOSSOS TALENTOS SÃO RECONHECIDOS, QUANDO NOS SENTIMOS VALORIZADOS EM NOSSOS "INVESTIMENTOS"....PELO QUE JÁ LI, A THALITA BATALHOU MUITO POR ESSE LUGAR QUE HOJE OCUPA...CHEGOU ONDE MUITOS SONHAM....E VOCÊ TEM MAIS É QUE CURTIR ESSE POST E O ESTÍMULO A NOVOS VÔOS CRIATIVOS...BEIJOSSSSSS,SAUDADES SUAS...
IZA

Carolina Martínez disse...

uhuulll Dinda!!!
você precisa escrever mais, adoro seus posts e não quero saber de vc desistindo de sonhos não hien mulher.
Fiquei mega feliz pelo comentario da Thalita e saiba que ela lutou muito para chegar aonde chegou. Isso faz parte da vida, pq se as coisas fossem fáceis não seriam tão emocionantes.
escreve mais no blog em querida
beijos
ps: já sei oque dar de presente para a minha afilhada!!!

Fernando Freire Jr. disse...

ANAAAAA! Que fantástico! Eu entendo sua euforia! Saudades de ler um post seu! E mais saudades ainda de vc! Espero que essa injeção de ânimo que Thalita lhe deu faça você aparecer mais vezes por aqui!
Ser elogiado por um alguém importante é sempre delicioso. Ainda mais quando a pessoa é um par seu, como uma escritora.
Não deixe o vício no twitter (que eu tb tenho) roubar você de seus leitores!
Beijos com muito carinho!

Anacrys disse...

Ana, que delícia!

Na verdade, eu queria dizer "CA-RA-LHOOOOO, PUTA QUE PARIU, QUE MANEIRO", mas vou me conter... rs

Parabéns, minha querida...
quero que vc continue sonhando e acreditando.
Vc merece!
:))))))
E continue escrevendo com o coração!

Luiz Fernando Prôa disse...

Acorda, Ana! Senão a corda da preguiça amarra seus acordes literários e a cor de sua prosa! Rssss

Quem pensa que a Ana está dormindo se engana. Essa mulher não para. Enquanto parece dormindo ela está apenas meditando, buscando no silêncio acalmar a agitação mental para se conectar ao cosmos, para ouvir o universo, para traduzir seu coração.
Com isso Ana se nutre de mundo, de bagagem. E se preparem para quando ela abrir a boca e começar a nos doar sua experiência acumulada.

Enquanto a prosa não rola, a Ana atua entre nós, trabalhando em silêncio, ajudando cada um de nós a ser mais, a querer mais, a se achegar ao Pai. Como esse tipo de prosa, a da ação, atinge apenas a quem está por perto, vamos torcer para que esta moça resolva atingir a muitos. A literatura é o caminho e talento ela tem de sobra. Como sei que ela é um pote se enchendo de coisas boas, vamos torcer que ela logo transborde.

Acorda, Ana! Acordemos todos! Acorda, Brasil!

Beijo,

Luiz F. Prôa

Thalita Rebouças disse...

Como dizem minhas adolescentes: MELDELS! :-) Tô aqui chorando com suas palavras, emocionada com o fato de uma mensagem minha ter mexido tanto com você e inspirado um post tão sincero, tão bonito. No começo da minha carreira, minha família fazia questão de me botar pra baixo, dizendo que eu jamais daria certo como escritora. E eu teimava dizendo que viveria, sim, de literatura. Sim, no Brasil!
Mulher, você tá acordadaça! E tá pronta, Ana! Pronta pra acontecer. Acredita no seu sonho mesmo. Eu acreditei no meu e no Fernando Sabino, que escreveu a frase que é meu mantra: "No fim tudo dá certo, se não deu certo é porque ainda não chegou ao fim". Beijo enorme, toda a sorte do mundo, obrigada por me fazer sentir essa emoção. Viva o Google (ele mesmo que me contou do seu blog ;-).

Flávia Côrtes disse...

Minha amiga querida, faça o favor de acreditar em seu sonho e em seu talento, o que, aliás, você tem de sobra. Adoro os seus posts e o endereço do seu blog está em meus favoritos faz tempo. Não perco um texto seu, são espirituosos como você e sabem tocar lá no fundo de nossa alma. A Thalita é mesmo um amor de pessoa, mas seu elogio à você foi sincero, acredite! Muitos beijos no teu coração, Ana. E não demore tanto a nos brindar com os seus textos, menina!

Fernanda disse...

Querida Ana, meus parabéns!! Que bacana! É muito bonito ver sua trajetória, que alia competência e generosidade. E tb raríssimo, atualmente. Muita luz, paz, força e que Deus a abençoe sempre! Mil beijos, Fernanda Veneu (e agora Lumb):)

ira disse...

Olá Aninha, que bom vê-la empolgada (com toda razão)Sabia que vc também já me provocou este tipo de sensação??? Quando vc agradeceu uma crônica feita por um escritor amigo de seu irmão, onde postei: Iluminado Luiz, falai por nós! você agradeceu e comentou sobre a bela poesia de IRACI. Ser reconhecida por um escritor faz mesmo diferença!

Rachel Bassan disse...

Aninha,
GENIAL!!! E VOCÊ MERECE CADA VÍRGULA DOS COMENTÁRIOS! Eu sei o que significa este reconhecimento público. Eu vivo dizendo que não adianta nada a gente saber que é bom se ninguém nos disser. A gente precisa do aplauso interno e EXTERNO! O interno a gente sente, o externo a gente OUVE! As pessoas precisam se tocar que não só precisam ouvir MAS TAMBÉM DIZER ao outro! Você foi a minha "Thalita" na época das "Crônicas de Oficina" e NOVAMENTE eu te digo que você mereceu o aplauso da Thalita e de muitas outras Thalitas que certamente se seguirão. Agora, Thalita Rebouças, o seu mantra também é o meu mantra...rs... poderosíssimo - "No fim tudo dá certo, se não deu certo é porque ainda não chegou ao fim", só que para mim, quem falou foi o pai do Fernando Sabino. Pai ou filho, é confiar mesmo que no final tudo vai dar certo para todos que têm talento!
VIVA A ANA! VIVA TODOS NÓS!!!
Beijos, Aninha, e toca esta produção que a gente quer ler!
Um beijo muito carinhoso e toca em frente que atrás vem gente!

Regiane disse...

Oi Ana
Você merece ter o reconhecimento de uma profissional tão bem sucedida como a Thalita Rebouças!
Fico feliz por você ter encontrado novamente o prazer em escrever!
Beijos com carinho, admiração e amor,
Regiane

MISS TALBET disse...

Wowowow! Ana! Feliz por essa sua fase de "despertamento" (olha eu inventando palavra). Otimo, agora eh so continuar surfando essa onda. Uhu!(fazendo maozinha hang loose)

Fabio Bastos disse...

Ana
Espero ter um dia a mesma vibração quando verificar que a famosa escritora ANA PROA escreveu um comentário no meu blog.
Vc merece cada palavra dos elogios.
Bjs
Fabio

Cláudia disse...

Oi Ana, fiquei feliz com tudo isso que está acontecendo por aqui no De vento em Prôa!

Esse momento é daqueles a serem aproveitados ao máximo, até o caroço! Viaje nessa onda, menina.

As coisas que li aqui me fizeram lembrar de um poema do Walt Whitman, aquele que lá pelas tantas diz:

"I am large, I contain multitudes."

Você conhece? Se chama Song of Myself - tem bem a ver com esse clima que você está vivendo.

Muitos beijos para você e para esse marido e essas filhas maravilhosas que você tem!

Sarcosa disse...

Aninha, é isto: temos que acreditar e sermos determinados nas nossas intenções. Mas... Às vezes a gente vai deixando-as de lado e, por mais que muitas pessoas nos estimulem, não acontece. Só vai acontecer quando certas pessoas nos falam algo. Já tive algo assim na minha vida... Eu vivia desanimado, todas as pessoas ao meu redor me incentivavam - mas nada adiantava. Só "aconteceu" quando uma certa pessoa - uma amiga que eu admirava (tá, tá, eu gostava dela) - veio me falar uma frase simples: "a gente é determinado quando quer".

Essa frase poderia ter sido dito por todas as pessoas que não ia dar o tal do "choque de ordem". Não ia.
Mas, dito por aquela amiga, fez todo o sentido e me abriu uma nova ferrovia: a de acreditar que não dependo de fatores externos para ser determinado no que eu quiser.

É isso, Aninha. Existem pessoas que admiramos e que têm a capacidade de nos fazer acreditar por poucas palavras.

Acredito que você também consiga fazer isto por muitas pessoas. ;)

Raquel Maldonado disse...

Nossa, que mulher empolgada, parece até eu, rs.
Desculpa Ana, mas estava claro que um grande escritor ou escritora iria um dia comentar esse vento e proa aqui!
A parte que eu mais gosto é sua filha chamando sua atenção para o palavrão, ADORO! a minha vai ser assim tb! hahahaahh
Te amo
Quel

Fabíola Mattos disse...

Eeeeeeeeeee Anita!

Muito orgulho de vc mulher! Sobretudo dessa sua força, e certeza de que sempre é tempo de recomeçar ou de resgatar sonhos e planos equecidos!

Estarei sempre torcendo por ti, para que mais milhares de autores, editores e leitores comuns te descubram queridaaa!

Amo você!!!!!!!!!!

Sumac disse...

Ana Prôa, vc merece tudo isto e muito mais. Continue sonhando acordada, e produzindo teus sonhos, pois enquanto vc faz a tua parte, Deus faz a Dele! Você é iluminada, ótima profissional e gente das boas!!! Fico muito feliz por você!!! Continue "estrela", que sempre estão brilhando, pois os "cometas" passam.... beijos
Sumac

Claudia Lima disse...

Ana querida!
Cada vez que leio seu blog, fica mais dificil acreditar que vc estava adormecida!
Que máximo o comentário da Thalita!
É sempre bom um pouco de inspiração e reconhecimento!
Escreva sempre, seus textos são ótimos!
Beijo enorme!!!!

Jrbill disse...

Muito maneiro Ana, parabéns e continue nos deliciando com seus
criativos contos. Não desista de seus sonhos, porque são eles que nos faz continuar.....

Bjs

Tatiana Maia Lins disse...

levanta, sacode a poeira e dá a volta por cimaaaaaaaa!

Gabi disse...

Aninha, estamos todos encantados com esta sua empolgação e prometemos não ficar enciumados por ela ter sido despertada pelo elogio da Thalita, rs... Na verdade, o espanto não é mesmo que ela tenha o tenha feito, é por ela ainda ter tempo, dentre tantas tarefas profissionais, para conhecer teu talento e escrever palavras tão carinhosas e amigas. Que pessoa querida ela parece ser!

Tenho certeza que vc será assim também quando estiver já bombando nas livrarias, rs.

Na internet, pensamos muito em consumir - mas quem produz na mesma velocidade? Precisamos escrever para que os viciados, curiosos, meditadores, românticos, sonhadores e afins tenham do que se alimentar também nesta maravilhosa "terra prometida" que é o cyberspaço, onde todo o jornalista, escritor e sonhador tem uma mídia para chamar de sua...

Grande beijo!

Anacrys disse...

Querida Ana,

peça desculpas a sua filha pelos palavrões que escrevi anteriormnete..rs...

Quem sabe agora vc não acredita no seu talento, na sua capacidade.
Eu te falar não adiantou mto, eu sei...rs... mas agora é a Thalita Rebouças que está falando!
:)))))

Então, querida, pegue essa euforia, alegria, contentamento e sei-lá-mais-o-q e transforme toda essa energia na sua literatura que é bela.

PS: Não esqueça os sinais... estou sempre em busca de percebe-los.
;)
um bjo.
Cris.

Glória Britho disse...

Você é mesmo uma chatinha! Realmente a Thalita é uma vencedora, afagos no ego fazem muito bem, especialmente de alguém famoso, mas você é um ser tão, tão, tão especial, amiga, que talvez o mundo ainda não esteja preparado para o seu talento. Mas, em 2010, Ana Prôa vai bombar! Não se esqueça, os maias afirmaram que só temos mais dois anos. Se jogue!
Te amo!!!

selma disse...

Tá se sentindo, heim? Com toda razão, claro. Continue na luta. Já, já, vai ser reconhecida por muitas e muitas Thalitas. Aliás, a Rebouças é ótima mesmo, não? Além de penetrar o universo adolescente,é uma gracinha de pessoa. Ao menos, foi o que deduzi de uma entrevista dela e até confirmei, ao ler seus amáveis comentários. Claro que têm fundamento, mas ela poderia ficar no pedestal e nem pensar em estimular os novatos, não acha?

Chris A. Angelotti disse...

Adorei Ana!
Vim aqui seguindo a indicação d a Flávia Côrtes. Agora, indicarei a outras pessoas também e assim a corrente vai caminhando...
Acho que escrever é isso, é se expor, expor sonhos, sentimentos,sensações. Muitas conquistas estão por vir. Acredite:
"Você é do tamanho do seu sonho." ( não sei o autor da citação rs)
Um super abraço

Chris Angelotti
www.abckids.com.br

georgia cabecos disse...

Mulher,
você tá arrasando!!!!
Parabéns!

luciana carlos lima disse...

oi ana querida,mesmo estando lonje sempre dou uma passadinha aqui pra ler suas cronicas maravilhosas que me ajudam a acalmar um pouco a saudades que sinto de todos. nunca,nunca deixe de escrever vc sabe palvras sao magicas bjxxxxxxx