quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Uma criança pra chamar de sua

Ele chegou até nós pelo correio. Não houve cegonha, inseminação artificial, nem visitas burocráticas a assistentes sociais. Mesmo assim, a alegria foi imensa. Na noite de segunda-feira, véspera do Dia das Crianças, Rômulo me entregou um envelope e pediu que eu o abrisse. Fui rasgando o papel com grande expectativa, diante do imenso sorriso de meu marido. E quando de dentro do envelope saiu a foto de um menino com semblante meio “monalisa” (não sorria, mas expressava tanta coisa em seus olhos), fiquei extasiada e com lágrimas nos olhos.

– Você adotou uma criança?

– Sim, ainda não é o filho que iremos adotar um dia,?mas já é um começo... – respondeu meu marido, lembrando do compromisso que assumimos 17 anos antes, quando decidimos ter três filhos: dois de sangue, um adotado.

Luis Felipe era o nome dele. Oito anos, morador do Jardim Primavera, comunidade em Caxias onde predomina o trabalho informal. E, veja só que situação, o pequeno já trabalha com a família... Mas também estuda (diz adorar matemática!) e tem o futebol como brincadeira favorita. Ele é uma das muitas crianças que fazem parte do projeto Visão Mundial, que promove o apadrinhamento de crianças carentes. Na verdade, Luis Felipe não se tornou nosso filho adotivo, e sim nosso afilhado. Mas o sentimento de amor por ele foi como se realmente o estivéssemos recebendo em nossa casa.

Por apenas R$ 40 mensais, vamos ajudar a melhorar um pouquinho a vida desse menino. E iremos trocar cartinhas, dar presentes em datas especiais e até mesmo um dia visitá-lo. Mas o principal é que esse dinheirinho – que gastamos mole, mole numa mesa de bar ou numa ida ao cinema – irá ajudar a Visão Mundial a combater a desnutrição infantil, dar assistência médica, estimular o estudo das crianças e gerar o desenvolvimento econômico das comunidades auxiliadas através da implementação de projetos.

Está difícil de entender como é possível fazer tanto com tão pouco dinheiro? Então visite o site da Visão Mundial (www.visaomundial.org.br). Você irá se encantar com esse projeto que age em quase cem países e que vem ajudando, há 60 anos, um número imenso de famílias pelo mundo. Porém, mais do que apenas conhecer o site, apadrinhe uma criança! Tenho certeza de que você sentirá uma satisfação incrível e irá preencher a sua vida – sim, a sua vida! – com este ato de amor que custa tão pouco.

Olha, eu faço essa propaganda de coração. Não estou ganhando nada com isso... Mas veja só o tanto que vou ganhar se conseguir te convencer a garantir o sorriso de outras crianças...

Fico só imaginando que, numa próxima foto que eu venha a receber do Luis Felipe, ele estará sorrindo...

OBS: A foto acima é a do Luis Felipe, trabalhada no photoshop para proteger sua imagem. O sobrenome dele também foi omitido.

17 comentários:

Chris Araújo Angelotti disse...

Lindo, Ana!

Também apoio essa campanha.
E também gostaria de um dia poder ter um filho do coração.
Independente de adotarmos o amor se manifesta de várias formas.
Lindo a sincronia sua com o seu maridão.
beijos

Fernanda disse...

Ana, que lindo!!
É impressionante como o pouco se transforma em muito quando empregado de maneira séria e por pessoas que realmente querem fazer a diferença.
Parabéns pela iniciativa.
Beijos,
Fernanda.

Glória Britho disse...

Da série: FAZENDO O QUE DEVE SER FEITO, acabei de adotar uma braileirinha. Quando o retrtato dela chegar, mando para você. Obrigada por me tornar conhecedora dessa iniciativa. Muito bom ter chance de ser alguém melhor e de ajudar igualmente ao outro.
Beijos, amiga! Te amo!

Tais disse...

Tia mt legal isso!! Adorei!! Bjs

kekagirassol disse...

Linda a sua iniciativa Aninha! Também, é de se esperar que você e o Rômulo, pessoas tão especiais, se posicionem desse maneira com relação à vida e as pessoas! Eu sou suspeita, porque sou sua fã de carteirinha

Parabéns!

Bjks.

Erica

TBrigada disse...

Legal, Ana! E Rômulo!
Parabéns pela iniciativa e que possam ajudar muito o menino a realizar boas coisas na vida!

Malu Machado disse...

Ana, Luis Felipe vai andar pelas ruas do seu bairro com um sorriso mais aberto do que o enigmático Monalisa que você tão bem definiu ao ver sua primeira foto.

Espero que seja o início de uma bela amizade e tenho certeza de que esses padrinhos mágicos vão tornar a vida desta criança muito mais especial.

Parabéns pela iniciativa.

Fernando Freire Jr. disse...

Você sabe como gosto de falar e escrever, mas desta vez fiquei sem palavras. Estou desde ontem tentando encontrar um meio de expressar. O que vocês estão fazendo é algo que está acima de qualquer outra coisa. É amor na sua forma maior. Claro que é algo que não me surpreende vindo de vocês, mas que emociona da mesma forma. Vou sugerir isso na minha "família". Imagina a alegria do JG!!!
Parabéns pelo novo filho!!!!
Vocês são foda!

Ana Lúcia Prôa disse...

Gente, adorei os comentários! Mas quero deixar claro aqui que eu não sou fodona! Isso é muito pouco... Mas acredito que cada pequeno gesto possa fazer a diferença...

Ah, três pessoas que me leram já adotaram suas crianças ou estão pensando seriamente no assunto: Glória, Fernanda e Fernando! MANEIRÍSSIMO!!!!!!!

Beijos!

Regina Paranhos disse...

Oi,Aninha,muito legal!Mas não deixe de "fiscalizar" o andamento da vida dele,como toda mãe faz,demonstrando interesse e preocupação.Meu blog tb tem muitas novidades,apareça.Bjs da Regina

ira disse...

Aninha, essas crianças tem sempre muito mais a nos oferecer em reconpensa de afeto e lições de vida do que nós podemos oferecer a eles. Fico feliz que este menino sorriso monaliza brevemente esteja mostrando suas canjicas a todos, sentindo-se nutrido pelo amor de vocês, Sei que o propósito é muito maior que a contribuição financeira, amo crianças e estar com elas é sempre um bálsamo aos nossos corações. às vezes amargurados pelas vicissitudes do dia-a-dia. Um beijo especial e siga cumprindo sua sublime missão de "Ajudar"

Mila Mittos disse...

Pow mãe... mt lindo esse post. ♥ ♥ ♥ Oow mãe vc é mó irada... ♥

Glória Britho disse...

Olá, amiga! O retratinho de Maria Patrícia, lá de Alagoas, chegou hoje. Já chorei baldes! Agora eu também tenho uma afilhadinha. Obrigada novamente pelo toque.
Ah, cadê os posts? Estou sentindo falta. Deixa de preguiça, mulher! Vá escrever!
Beijuuusssss

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

uma coisa boa , uma boa coisa, simples e certa coisa

Anônimo disse...

eu adorei o seu blog e acho lindo essa iniciativa,eu acho que e assim que se faz a diferença seu blog e dimais
eu tambem

du kontra disse...

eu amei e me emocionei com a materia
me siga no meu blogspot
//www,soujogrils.blogspot.com

du kontra disse...

eu adorei seu blog
siga o meu www.soujogrils.blogspot.com
tudo sobre o mundo do animes num so lugar