segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Provador ou câmara de tortura?

Se isso nunca aconteceu com você, ou está mentindo ou é muito privilegiado pela genética. Diga lá se não é verdade: entrar no provador de grandes magazines é uma verdadeira tortura! Naqueles boxes espaçosos, com espelho de cima a baixo e iluminação hipermegapower, você vê quem realmente é. Ou quem realmente você se transformou. Pula banha pra tudo quanto é lado!!!! E até mesmo as ainda disfarçáveis rugas de expressão fazem questão de gritar: “Ei, tô aqui... Tô chegando com tudo... E pra ficar!

Minha mãe, há alguns anos, me telefonou super pra baixo. Perguntei o motivo. “Hoje fui comprar um maiô. Entrei no trocador pra experimentar e, quando tirei toda a roupa e me olhei no espelho, não me reconheci. Que coisa horrível eu me transformei!”, confessou minha mãe, a-r-r-a-s-a-d-a!!! Na hora, fiquei com uma pena danada dela. Muito difícil envelhecer, ver o corpo mudar tanto. Ainda mais porque minha mãe pertence àquela faixa de mulheres que não conheciam academia, cremes firmadores, nem mesmo os benefícios de uma simples caminhada. Isso é coisa de 30 anos pra cá. E 30 anos pra lá minha mãe já tinha 40 e já estava meio caidinha e com a cabeça arraigada de que “nada posso fazer por mim”.

Pois é... Os anos são implacáveis com todas nós (ou com quase todas nós, porque estão aí pra desmentir essa verdade a Vera Fischer, a Betty Faria, a Christiane Torloni, a Ângela Vieira, a Cissa Guimarães e tantas outras mulheres que sabem envelhecer mantendo suas barrigas de tanquinho). Mas eu, infelizmente, não pertenço a essa categoria. Foi então que, no sábado, estava no trocador de uma megaloja quando me despi e... meldeus! Tô ficando igual a minha mãe! Quase cantei como a Maysa: “Meu peito caiu e me fez ficar assim...” Ou então como a Bethânia: “Olhos nos olhos, quero ver quantas rugas traz...”

Gente, pra que tanta luz nos provadores? É pra gente sair de lá direto pro analista? Ou pro Vigilantes do Peso? Deve estar havendo alguma venda casada nessas lojas de departamento... Não é possível! Acho que vou fazer uma denúncia ao Procon! Em casa, os espelhos são nossos melhores amigos. Mentem para o nosso bem! A gente se olha e se vê poderosa! Mesmo com a barriga saliente ou com ruguinhas inconvenientes, nosso reflexo é sempre melhor do que realmente somos. É como se fôssemos a madrasta da Branca de Neve e ouvíssemos de um amedrontado espelho: “É claro que você é a mais bela!” E aí a gente vai embora pro cinema, pro trabalho, pra padaria, pro supermercado se achando!

Mas, no sábado, saí do shopping me achando também. Me achando gorda e velha! Não, mas eu não podia me entregar à depressão! Precisava reagir e levantar a moral naquele fim de noite. Afinal, não sou mulher de esmorecer! Pra apagar da minha mente aquele reflexo infame, fui pra pizzaria com as minhas filhas e comemos uma grande com catupiry acompanhada por dois chopes (meus, é claro!). Saí de lá mais leve...

Depois tem gente que não sabe por que fica deprimida...

14 comentários:

millah ♥ disse...

nosa adorei msm essa aê
fikou mt boa d verdade .. ♥
UHUL A PRIMEIRAA

ira disse...

Aninha nunca ri tanto de tanta sinceridade! Desta vez meu espelho foi o seu texto, pura identificação.
Estou no mesmo processo e porque o jeans faz saltar minhas banhas, só de raiva esta noite comi a lasanha... de ontem ou seja, abusei no domingo e na segunda, estou com dor abdominal de tanto rir! esta foi a melhor que já li
PARABÉNS! beijinhos

TBrigada disse...

puxa! complicado isso!
homem não tem muito essa coisa de espelho, não. Mas tem lojas que vendem roupas, digamos, também para o público metrossexual. E nestas têm bastante espelho para os homens tb. Exemplo: Zara.
Agora... Nas academias. Quando eu (fingia que) malhava, sentia que os espelhos das paredes deixavam todos maiores, mais grandes. Eu mesmo achei, certo dia, que estava com um bícepes legalzinho. haha Pra que... cheguei em casa e vi que não havia mudado nada. Acho que espelho de academia deixa as pessoas mais fortes! Para a rapaziada ficar animada, daí qdo chega em casa e vê que tá menor, pensa que tem que malhar ainda mais. hahah que fase

Marcio Bruno disse...

Aninha relaxa, os espelhos das lojas aumentam de proposito.
Todo mundo fica estranho, maior e feio, é igual a 3X4. Imagina como eu fico.
Bjs

Ana Cristina disse...

Boa, mto boa..rs...identificação total!!!

Vou te contar uma coisa..rs... não se empolgue mto para emagrecer...rs..

Qdo estamos mais cheinhas, parece que as "coisas" ficam mais no lugar... é só emagrecer que cai tudo...rs...rs...

Saber envelhecer é uma arte.

Adorei!
Bjos... e boa semana.

Jr disse...

RI muito, parece que estou vendo voce falar. Mas a coisa não é bem assim não. Ainda bem que andamos a maior parte do tempo vestidos !!!

Muito maneiro continue nos
brindando com suas historias....
Bjs

Regina Paranhos disse...

Aninha,c roupas não tenho muitos problemas,acho q estou legal p minha idade.Mas na hora de comprar biquini...Acredite:não olho no espelho,olho p mim e vejo apenas se cobriu o suficiente.Porq se olhar p o espelho,depois de pegar só modelos G e GG,entro em depressão.Parabéns pelo texto!
Bjs da Regina

Janaína Fernanda Seves disse...

Pensava que só eu ía ao provador de cara amarrada ....
Chego a levar roupa sem experimentar !
Acho que só nessas benditas cabines eu fico realmente estressada. Mas, como rir é o melhor remédio, um dia eu quebro um refletor abençoadinho daqueles.... rs

MISS TALBET disse...

Infelizmente nao posso me identificar com esse seu post, afinal vc me conhece: nasci linda, loura, alta e magra.Fazer o que ne?

Anônimo disse...

Tia Anaaa, ameeeei seu blog. É muito legal, nunca tinha parado pra ler.
Fiquei mtttt encantada em ler seu blog, li quase todo.
É muito bom, mais o que eu mais gostei foi "Paixão primeira". É lindo.
Que fofaaa vc. rs Por que não faz um livro?

Elisa Biavati

Fernanda disse...

Ana!
Muito divertido seu post!!
Beijos,
Fernanda.

Chris Araújo Angelotti disse...

hahahaha

Preciso voltar aqui com calma...
Mas... aqueles espelhos dos provadores não têm nada de errado? sempre achei que eles eram tipo espelhos de circo,nos aumentam muito!!
bjos

Malu Machado disse...

Olá Ana,

Prazer em te conhecer. Realmente este texto é para 10 entre 10 mulheres que o ler. E infelizmente tenho que confessar ter me sentido exatamente assim na semana passada. Triste destino este da gravidade. Só a gengiva sobe !!! rss

Adorei seu blog. Passa lá no meu cantinho para conhecer o meu. Ficarei muito feliz.

Um abraço e parabéns!

georgia cabecos disse...

Adorei!!! Como sempre, me fazendo feliz.
Bjs